Exibindo todos 15 resultados

Em até 3x de R$13,30 Sem juros


ACESSÓRIOS PARA BEBÊ: COMO ESCOLHER?

Com o look do bebê quase todo montado, com calças, camisetas, bodies, entre outras opções escolhidas, chegou a hora de finalizar tudo com chave de ouro: escolher os acessórios para o bebê.

Desde faixas para o cabelo até babadores, toucas e luvas, queremos sempre obter as melhores opções e deixar a criança linda com um visual inteiro combinando.

No entanto, além da estética, precisamos sempre pensar no conforto do bebê. Muitas vezes, alguns itens são extremamente lindos, porém, são feitos de um material não muito confortável e isso pode prejudicar o bem-estar da criança.

Pensando nisso, preparamos um guia com os principais acessórios para bebê que não podem faltar no seu guarda-roupas e como escolher para que você possa aliar o visual ao conforto.

 

 

Babadores

Este é um item necessário desde os primeiros meses de vida da criança, principalmente a partir do momento que ela começa a sentar e comer comidas além do leite materno, como a papinha e outros.

Entretanto, a escolha do material do babador é crucial para manter o conforto e a segurança do bebê.

Para os menores, com menos de oito meses de idade, é interessante que o babador tenha algum tecido impermeável para não sujar a criança, porém, preocupe-se também com possíveis reações alérgicas.

Portanto, optar por modelos que possuam uma barreira dentro do tecido, seja ela em plástico ou EVA, é uma escolha interessante.

Já para os maiores, opções de borracha, por exemplo, já são muito bem aceitas, já que a criança terá maior autonomia para comer, naturalmente fará alguma sujeira e o babador será extremamente fácil de ser limpo.

 

 

Touca e luva

Qualquer acessório para bebê que tenha contato direto com a pele precisa de atenção na hora de ser escolhido. Isso porque o tecido pode irritar a pele da criança facilmente.

Além disso, acessórios como touca e luva possuem um papel fundamental na manutenção da temperatura do corpo da criança. Logo, opte por modelos que sejam mais quentinhos e mantenham mais facilmente a temperatura.

Outro ponto importante é o tamanho da touca e da luva. Modelos que sejam mais soltinhos e não apertem são os que devem ser escolhidos. Nessa fase, o bebê precisa de mais liberdade e menos coisas justas ou apertadas.

Valorize tecidos naturais e que não irritem a pele, ao mesmo tempo que podem compor muito bem o visual da criança e deixa-la muito bem vestida.

 

 

Naninha

O primeiro apego material dos nossos pequenos é sempre a naninha, que o acompanha durante toda uma fase da vida e que serve como um objeto de segurança para a criança.

A naninha é uma peça fundamental para qualquer bebê, no entanto, possui uma grande variedade de opções, o que acaba tornando a vida dos pais um pouco mais difícil.

No entanto, seja uma naninha de tecido ou de pelúcia, lisa ou de bichinho, o mais importante é que a criança a escolha como o seu objeto de conforto, sem que os pais tentem forçar algum que a criança não tenha tanto apego.

Lembre-se que normalmente a naninha é carregada por todo lado, portanto, um material fácil de ser lavado é uma boa pedida. Aliar a praticidade ao conforto da criança é a maior preocupação nesse caso.

 

 

Cuecas e calcinhas

As roupas íntimas do bebê precisam ser, acima de tudo, muito confortáveis. Mesmo quando a criança deixa de usar fraldas e já possui um tamanho um pouquinho maior, o conforto é fundamental.

Para tanto, é necessário um período de observação do bebê. Ao colocar uma cueca ou uma calcinha, observe o seu filho para ver se ele estará confortável.

Normalmente, quando a criança não está se sentindo bem com a peça de roupa, ela fica mexendo muitas vezes e tentando “arrumar”. Essa é uma das principais demonstrações de desconforto.

Faça testes, encontre tecidos mais confortáveis e evite elásticos muito apertados. Certamente o seu filho agradecerá.

 

 

Outros acessórios

Os acessórios para bebê citados acima são aqueles que possuem maior procura e são mais populares entre papais e mamães. No entanto, existem muitos outros que podem compor as suas opções.

Normalmente, os acessórios que vamos citar a seguir não serão usados diretamente pela criança, mas sim pelos pais para diversas atividades, como uma ida ao parque ou para uma aferição de temperatura, por exemplo.

 

 

Termômetro

Esse é um acessório que, apesar de não ser utilizado pelo bebê, é fundamental para que seja aferida rapidamente a temperatura da criança e se consiga ter um panorama sobre a sua saúde.

 

 

Tapete de atividades

Uma ida ao parque ou até mesmo brincar no quarto de casa pode ficar ainda melhor com um tapete que você possa estender, colocar seu filho em cima e adicionar alguns brinquedos para tornar tudo mais divertido.

 

 

Conclusão

É fato que os acessórios para bebês são uma excelente opção para compor tanto o visual da criança quanto para facilitar o dia a dia dos pais. Todavia, opte por ter sempre as opções mais úteis, evitando acúmulo de itens inutilizados.

WhatsApp chat